Comércio de Rua

Avenue vende loja do 266 Liberdade por 13,9 milhões

Ana Tavares |
Avenue vende loja do 266 Liberdade por 13,9 milhões

A loja do edifício 266 Liberdade, da Avenue, tem um novo dono, o IMOFID, gerido pela Fidelidade Sociedade Gestora de Organismos de Investimento Coletivo (Fidelidade SGOIC). O negócio foi fechado por cerca de 13,9 milhões de euros.

Situada na Avenida da Liberdade, junto ao Marquês de Pombal, em Lisboa, a loja tem um total de 1.300 metros quadrados, e situa-se no emblemático antigo edifício do Diário de Notícias, que foi recentemente reconvertido pela Avenue em habitação e comércio.

Aniceto Viegas, CEO da Avenue, afirma em comunicado: «ficamos muito satisfeitos que uma loja tão carismática tenha sido adquirida por um investidor de referência do nosso mercado». E acrescenta que «esta transação foi concluída em tempo recorde, fruto do empenho e do profissionalismo da equipa da Fidelidade».

Por seu turno, Manuel Calvão administrador da Fidelidade SGOIC, comenta que «a aquisição desta loja de rua situada na mais prestigiada avenida portuguesa e que possui elementos únicos de relevo histórico e artístico, nomeadamente, diversos painéis de Almada Negreiros, insere-se na estratégia do Fundo Aberto IMOFID de continuar a desenvolver um portfolio imobiliário de grande qualidade. A rápida concretização da transação foi possível dado o rigor e competência da Avenue e a forte colaboração entre as duas equipas».

Carlos Vieira Neto, Associate do departamento de investimento da Cushman & Wakefield, que representou a Avenue neste negócio, considera «uma grande honra estarmos envolvidos numa transação desta relevância num imóvel com este cariz histórico e num setor – retalho – que apesar de experimentar um abrandamento devido a fatores externos continua a atrair capital. Estamos confiantes de que o retalho, no seu todo, retomará o protagonismo e dinamismo que teve no investimento imobiliário no passado recente e seguros de que o 266 Liberdade será o destino preferencial de qualquer ocupante de renome».