Residências de estudantes

Nova residência Wave Campus reforça oferta de Almada com 300 quartos

Ana Tavares |
Nova residência Wave Campus reforça oferta de Almada com 300 quartos

Ainda este verão, deverá arrancar a construção da nova residência de Estudantes Wave Campus, o primeiro empreendimento a avançar no âmbito do megaprojeto Innovation District, em Almada, pela mão da Starburst Investments e da Rio Capital.

Assinado pelo atelier Saraiva + Associados, o Wave Campus terá um total de 333 estúdios com casas de banho privativas, distribuídos por dois blocos, um com 215 unidades e outro com 118, além de áreas comuns com novas funcionalidades, nomeadamente no complemento de desporto e lazer.

O empreendimento vai seguir o conceito de sustentabilidade e inovação previsto no Innovation District, a nova centralidade que deverá surgir na zona do Monte da Caparica.

Na região de Almada, a população estudantil soma as 15.000 pessoas. Só a Faculdade de Ciências e Tecnologias da NOVA tem um total de 8.000 alunos, e o Wave Campus pretende responder à escassez de oferta de alojamento deste tipo, já a partir do terceiro trimestre de 2023.

Wave Campus
Wave Campus

Julio Luz, CEO da Rio Capital, explica que o projeto se baseia num conceito moderno, adaptado às novas realidades e exigências, com o conforto e funcionalidade exigidos, «com uma preocupação de estabelecer valores de utilização adaptados à realidade da região e do país, cabendo assim no “bolso” dos estudantes, não só os estrangeiros, previsivelmente com maior poder aquisitivo, mas sobretudo dos portugueses». Assim, as rendas mensais do Wave Campus deverão ficar abaixo dos 400 euros, apesar de o valor não estar ainda definido.

«Este inovador empreendimento, que tem a ambição de estabelecer uma nova centralidade na margem sul do Tejo e contribuir para o arranque de Lisboa como uma cidade de duas margens, motivará uma a construção de uma comunidade com produção própria, sustentável, neutra em carbono e integrando métodos e soluções construtivas ecológicas e sustentáveis», comenta o Diretor de Investimentos da Starburst, Luís Vargas.

De recordar que o Innovation District é um projeto liderado pela NOVA em articulação com a Câmara Municipal de Almada que agrega uma série de investimentos privados de forma integrada numa área de 120 hectares, um investimento que, numa primeira fase, deverá representar os 800 milhões de euros.