Lojas

Comércio deixa de ter restrições de horário a 14 de junho

Ana Tavares |
Comércio deixa de ter restrições de horário a 14 de junho

A partir de 14 de junho, dá-se um novo passo no processo de desconfinamento. Uma das novidades é que o comércio deixa de ter restrições de horário. As novas medidas foram anunciadas na sequência da reunião do Conselho de Ministros desta terça-feira.

Restaurantes, cafés e pastelarias manterão as regras de lotação atuais, mas poderão receber clientes até à meia noite e funcionar até à 1h da manhã.

Por outro lado, o teletrabalho deixará de ser obrigatório e apenas recomendado, os espetáculos passam a funcionar até à meia noite com lotação de 50%. A partir de 28 de junho, os transportes públicos podem usar 100% da capacidade de lotação.

Na apresentação das novas pedidas, o Primeiro-Ministro, António Costa, destacou a evolução da pandemia desde o dia 9 de março, salientando a «redução sustentada» da taxa de incidência, e que «não há nenhuma situação de pressão no Serviço Nacional de Saúde», o que permite avançar com o desconfinamento, cita o Público.

No entanto, os concelhos com taxas de incidência superiores aos limiares definidos mantêm o teletrabalho obrigatório ou os horários do comércio reduzidos. A avaliação dos concelhos será feita semanalmente.

Outra das novidades é que as restrições serão aplicadas de forma diferente nos territórios de alta e baixa densidade. Estes últimos só sofrerão restrições quando os seus limiares cheguem ao dobro dos restantes territórios.