Resorts

Herdeira do grupo Inditex quer construir resort de luxo em Tróia

Fernanda Cerqueira |
Herdeira do grupo Inditex quer construir resort de luxo em Tróia
Diego Delso, CC BY-SA 3.0

É o primeiro investimento de Sandra Ortega em Portugal e será um projeto turístico com uma área de cerca de 30 mil metros quadrados. O resort vai nascer na freguesia do Carvalhal, na península de Tróia, em terrenos comprados, em 2018, à Sonae Capital por 50 milhões de euros.

Em declarações ao ECO, o presidente da Câmara Municipal de Grândola confirmou que o projeto «está na fase final de apreciação das infraestruturas do plano de urbanização», explicando que foram pedidos vários elementos adicionais à empresa responsável. «Se esses elementos estiverem todos corretos, acredito que nos próximos dias, ainda durante setembro, possa ser licenciado o projeto», acrescentou. Uma vez licenciado o projeto, o alvará será emitido «e os proprietários podem começar com as obras».

A primeira fase corresponderá às obras de infraestruturas, ou seja, à criação de estradas/ruas, instalação da rede elétrica e água. Só mais tarde arrancará a construção dos edifícios, cujo projeto de arquitetura estará sujeito à aprovação da Câmara Municipal de Grândola.

O projeto de arquitetura previa a construção de um hotel de cinco estrelas, três aldeamentos turísticos e dois equipamentos de desporto e lazer, num total de 123 unidades de alojamento e 506 camas. Ao ECO, o presidente da Câmara Municipal de Grândola referiu que «isso mantém-se», tendo sido reduzidas apenas as volumetrias.