Logística

Qantara Capital investe em novo parque logístico e hotel em Grândola

Ana Tavares |
Qantara Capital investe em novo parque logístico e hotel em Grândola

A Qantara Capital, empresa privada de investimento e consultoria que opera nos setores do imobiliário e dos recursos naturais, associou-se à Câmara Municipal de Grândola para a construção de um novo parque logístico a 8 km do centro da vila.

O novo empreendimento terá 130 hectares e 630.000 metros quadrados de área de construção, além de 300.000 metros quadrados de infraestruturas adjacentes, num total de 24 lotes industriais com 25.000 metros quadrados cada. O parque terá ainda área para hotel, restaurantes, lojas, escritórios e estacionamento com carregamento elétrico e posto de combustível, seguindo os padrões LEED.

Estará próximo do Porto de Sines e da nova ligação ferroviária do Corredor Internacional Sul para Espanha e para a Europa.

A construção deverá arrancar em 2023 e será feita em quatro fases distintas. É um investimento de interesse público elegível para o Plano de Recuperação e Resiliência.

Novo hotel de 4 estrelas em Grândola

A empresa vai também investir na construção de um novo boutique hotel de 4 estrelas frente ao Jardim 1º de Maio, o Jardins de Grândola, com 50 quartos, lobby-bar, restaurante, centro de eventos, piscina exterior, salas de reuniões, além de um edifício residencial com apartamentos e penthouses. Será focado em clientes empresariais e também no lazer.

O projeto é assinado pelo atelier Promontório. A construção está prevista para 2022 e deverá durar cerca de um ano.

Hadrien Fraissinet, CEO da Qantara Capital, assume a sua satisfação por poder investir num «município com muito potencial e características excecionais» e as «enormes oportunidades de desenvolvimento e investimento que Grândola oferece para além dos óbvios empreendimentos na zona costeira», cita a Executive Digest.

Por seu turno, António Figueira Mendes, Presidente da Câmara Municipal de Grândola destaca que «entre as prioridades da autarquia de Grândola estão o desenvolvimento económico do concelho, o crescimento da região e o consequente aumento da qualidade de vida da nossa população e, nesse sentido, Grândola tem desenvolvido uma importante ação de atração de investimento para a região. É nesta perspetiva que se enquadram estes dois investimentos, que vão permitir, por um lado criar emprego e riqueza no nosso concelho e, por outro lado, atrair visitantes e aumentar o turismo».