Escritórios

Antiga sede da SIC procura novos inquilinos

Ana Tavares |
Antiga sede da SIC procura novos inquilinos

O edifício das antigas instalações da SIC em Carnaxide está à procura de novos ocupantes. A JLL está responsável pela sua comercialização em regime de exclusividade.

O imóvel situa-se no nº119 da Estrada da Outorela, em Carnaxide, e é propriedade de um fundo imobiliário gerido pela Santander Asset Management. Conjuga área de escritórios e armazém, num total de 7.080 metros quadrados de ABL, distribuídos por 4 pisos. O piso térreo tem um total de 4.140 metros quadrados para comércio e serviços, os pisos 1 e 2 têm cerca de 950 metros quadrados de escritórios, incluindo área de open space no último piso, e o piso -1 concentra as áreas técnicas em 1.020 metros quadrados. Tem ainda estacionamento privativo exterior em logradouro para 115 viaturas.

O edifício está atualmente devoluto, disponível para ocupação em arrendamento ou venda.

Mariana Rosa, Head of Leasing Markets Advisory da JLL, comenta em comunicado que «considerando a sua diversidade de características e a localização, este edifício é ideal para conjugar uma sede corporativa na área de escritórios, com uma ocupação no retalho para lojas de média dimensão na área anteriormente dedicada aos estúdios. Beneficia de um amplo logradouro com estacionamento, que é um fator muito interessante quer para as empresas que procuram escritórios quer para os retalhistas, além de estar a pouco minutos de Lisboa, num eixo de grande movimento e com ótimos acessos».

E acrescenta que «a componente de escritórios, é um produto com grande potencial para atrair os grandes ocupantes das áreas farmacêutica e tecnológica, que lidam com falta de produto disponível nesta zona, em especial os que permitem conjugar ocupação de escritório e armazém. Na componente de retalho, os operadores de supermercado, ginásios ou de retalho de conveniência também poderão encontrar aqui uma excelente oportunidade numa zona onde a oferta de espaços comerciais com mais de 1.000 m2 é reduzida, especialmente os que agregam toda a área num só piso. E pode também ser um imóvel atrativo para a área da saúde, podendo se transformar num hospital ou clínica».