Habitação

Gaia avança com compra de 554 habitações

Ana Tavares |
Gaia avança com compra de 554 habitações

A Câmara Municipal de Gaia vai avançar com uma oferta pública para aquisição de 554 habitações, um investimento de 70 milhões de euros no âmbito do programa 1º Direito.

Estas habitações deverão servir para o realojamento de pessoas que vivem atualmente sem condições dignas. A proposta para avançar com o processo de aquisição destas casas será apreciada na reunião de câmara desta segunda-feira.

O plano prevê a compra de 274 casas já construídas (81 T1, 162 t2 e 31 T3) e 280 por edificar, com investimentos de 35 milhões de euros para cada parte. Se a divisão não puder ser feita desta forma, está planeada a transferência de verba destinada a comprar habitações concluídas para habitações por construir ou vice-versa, explica o JN.

A autarquia terá em conta o estado de conservação dos imóveis, prazo de conclusão dos empreendimentos, proximidade de transportes públicos, serviços, comércio e espaços de lazer, ou o número de fogos disponibilizados, entre outros fatores.

Através do programa 1º Direito, com o apoio do IHRU, a CMG quer melhorar as condições de vida de 2.109 famílias do concelho. O valor total do investimento previsto é de 143 milhões de euros, num máximo de 131 milhões de euros a financiar pelo IHRU a fundo perdido (62 milhões) e a título de empréstimo bonificado (68 milhões). Se Gaia cumprir estes objetivos até 2026, o investimento poderá ser totalmente a fundo perdido.