Pessoas

JLL reforça equipas de Corporate Solutions e Strategic Consultancy & Research

Ana Tavares |
JLL reforça equipas de Corporate Solutions e Strategic Consultancy & Research
Joana Fonseca

A consultora JLL está a restruturar a sua cúpula diretiva da área de Corporate Solutions. Há 8 anos na empresa, Maria Empis foi promovida a diretora desta linha de negócio, que agrega vários departamentos. Em sequência desta mudança, a consultora contratou Joana Fonseca para assumir a liderança do departamento de Strategic Consultancy & Research, anteriormente gerido por Maria Empis.

O núcleo de Corporate Solutions da JLL integra uma equipa multidisciplinar que se foca «na maximização do valor dos imóveis corporativos, ajudando as organizações a tirar o máximo partido dos ativos que ocupam e que detêm». O pilar de Corporate Solutions da consultora agrega os departamentos de Strategic Consultancy & Research, Design Strategy, Workplace Consulting, Energy & Sustainability Services e Project & Development Services.

Maria Empis, Head of Corporate Solutions, integrou a JLL em 2013 para dirigir o departamento de Research. Acumulou a partir de 2015 também a direção de Consultoria Estratégica, desempenhando o cargo de Head of Strategic Consultancy & Research até assumir este novo desafio. Licenciada em Engenharia Civil pela Universidade Nova de Lisboa, a nova responsável de Corporate Solutions tem uma carreira de cerca de 20 anos no setor imobiliário, trabalhando com clientes de renome nacional e internacional como a Sonae, a Apollo Asset Management, a AXA IM, Goldman Sachs, Nexity, Lonestar, H.I.G. Capital ou a Roundhill.

Comenta em comunicado que «se antes, os imóveis já eram um ativo estratégico para as empresas e para a sua produtividade, hoje em dia assumem uma importância ainda maior. Aos desafios da transformação tecnológica e da sustentabilidade, vieram somar-se alterações profundas na forma como trabalhamos e vivemos o nosso dia-a-dia. Eram tendências já em curso que se massificaram com a pandemia e que mudam radicalmente a forma como nos relacionamos com o espaço físico enquanto ocupantes, utilizadores ou proprietários. Isto tem um enorme impacto no papel estratégico que os ativos imobiliários têm para as empresas e, consequentemente, também para os promotores e investidores».

Por outro lado, garante que esta equipa «está totalmente focada em obter o máximo valor dos portefólios de imobiliário para os seus clientes, quer sejam ocupantes, proprietários ou investidores. E fazemo-lo hoje numa matriz que tem que conjugar sustentabilidade, transformação digital e novas tendências de trabalho e consumo, numa visão dinâmica sobre os imóveis. Por isso mesmo, o nosso serviço Re-Generation tem tido excelentes resultados e uma crescente procura. Trata-se de uma solução integrada que forma equipas multidisciplinares para trabalhar cada imóvel, numa perspetiva de adaptá-lo às novas tendências com soluções ágeis, inovadoras e sustentáveis».

Joana Fonseca trabalha no ramo imobiliário há mais de 20 anos, e tem desenvolvido o seu trabalho ligado à consultoria estratégica e ao research. É licenciada em Engenharia do Território e possui um mestrado em Urbanismo e Gestão Territorial, ambos pelo Instituto Superior Técnico, e uma pós-graduação em Gestão e Avaliação Imobiliária pelo ISEG. É membro do RICS desde 2009, fazendo parte do Board em Portugal, desde o ano passado, e é um dos poucos membros desta instituição na faculty de Planeamento e Desenvolvimento em Portugal.

A responsável assume-se «muito motivada para as novas funções, pois é uma área que é crucial para entender as especificidades de cada ativo imobiliário e poder apoiar a conceção das estratégias mais indicadas para maximizar o seu valor. Além disso, são áreas de suporte transversal a todas as linhas de negócio e que assumem um papel muito importante para o desempenho da empresa».