Turismo

Julho registou um total de 1,6 milhões de hóspedes

Fernanda Cerqueira |
Julho registou um total de 1,6 milhões de hóspedes

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE), o setor do alojamento turístico registou 1,6 milhões de hóspedes e 4,5 milhões de dormidas o que compara, de forma positiva, com 1 milhão de hóspedes e 2,6 milhões de dormidas registados em julho de 2020. Estes são, no entanto, números inferiores aos observados em julho de 2019, tendo diminuído o número de hóspedes e de dormidas, 42,5% e 45,0%, respetivamente.

Portugueses fazem férias cá dentro e puxam pelo setor

Comparando julho deste ano com julho de 2019, «observa-se um crescimento de 6,4% nas dormidas de residentes e um decréscimo de 67,6% nas dormidas de não residentes», refere o INE. Assim, em julho, o mercado interno (peso de 59,0%) contribuiu com 2,7 milhões de dormidas e os mercados externos com 1,9 milhões.

Entre janeiro e julho de 2021, verificou-se uma diminuição de 2,4% das dormidas totais, resultante de variações de +31,7% nos residentes e de -30,7% nos não residentes. Comparando com o mesmo período de 2019, as dormidas registaram uma diminuição de 67,4% (-31,5% nos residentes e -82,1% nos não residentes).

Nos primeiros sete meses do ano as dormidas de residentes representaram 61,2% do total, quota que contrasta com a verificada em 2020 (45,3% do total) e em 2019 (29,1% do total).