Moratórias

Montante em moratória diminui €3.600M em abril

Ana Tavares |
Montante em moratória diminui €3.600M em abril

No quarto mês do ano, o montante global de empréstimos abrangidos por moratórias era de 39.300 milhões de euros, menos 3.600 milhões que em março, revelam os dados agora divulgados pelo Banco de Portugal no relatório BPstat.

Segundo o regulador, «a redução do montante de empréstimos em moratória resulta do decréscimo tanto dos empréstimos em moratória concedidos a particulares como dos concedidos a sociedades não financeiras, que diminuíram 2.000 e 1.400 milhões de euros, respetivamente».

No relatório, pode ler-se também que «a evolução dos empréstimos em moratória concedidos a particulares é maioritariamente explicada pelos empréstimos com a finalidade habitação, que diminuíram 1.600 milhões de euros, refletindo sobretudo o término da moratória privada».

O valor em moratória atingiu o seu máximo em setembro de 2020, num total de 48.100 milhões de euros, e tem vindo a diminuir desde então, com variações mensais mais significativas em março e abril de 2021.