Turismo

Peso da Régua quer projeto turístico de 60 milhões de euros

Susana Correia |
Peso da Régua quer projeto turístico de 60 milhões de euros

Preconizado no Plano de Pormenor de Reabilitação Urbana do Espaço de Vocação Turística da Milnorte, a proposta foi apresentada à Assembleia Municipal pelo Presidente da Câmara Municipal do Peso da Régua, José Manuel Gonçalves.

Projetado para um espaço classificado no âmbito do Plano de Ordenamento das Albufeiras da Régua e Carrapatelo, o empreendimento «permitirá a reabilitação da zona industrial degradada adjacente à Barragem de Bagaúste, numa abordagem integrada e sustentável das potencialidades e limitações do meio onde irá surgir», explica a autarquia. Além disso, «este investimento permitirá reforçar a oferta hoteleira em Peso da Régua e no Douro, com uma proposta diferenciadora, de qualidade elevada, que se traduzirá no aumento do número de turistas» e, também, no «aumento da criação de emprego».

Desenhado para a linha do rio Douro, o projeto «privilegiará a relação com o rio e os socalcos, uma paisagem única no mundo», contemplando 38 casas, um hotel com 60 quartos, um restaurante e uma marina, estendendo-se por uma área total de 25.000 m².

Nesta fase já estão concluídas reuniões oficiosas com as Infraestruturas de Portugal, com a Direção-Regional de Cultura do Norte, com a Agência Portuguesa do Ambiente e com a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, com o objetivo de serem identificados constrangimentos ao avanço da obra.