Escritórios

Tétris conclui obras da nova sede da Cuatrecasas

Susana Correia |
Tétris conclui obras da nova sede da Cuatrecasas

A Tétris Design & Build já concluiu as obras da nova sede da Cuatrecasas em Portugal, no que considera ser «um exemplo do escritório do futuro».

Ocupando a quase totalidade do nº6 da avenida Fontes Pereira de Melo, as novas instalações da sociedade de advogados Cuatrecasas em Lisboa foram projetadas pela GCA Architects, tendo sido a Tétris a empresa selecionada para a sua execução. A obra foi totalmente construída em plena pandemia, numa empreitada que demorou cerca de oito meses, incluindo o período do segundo confinamento.

Estendendo-se por cerca de 10.000 m², estes escritórios têm capacidade para acolher mais de 200 profissionais, dando à empresa a capacidade de crescimento para o dobro. Coube à empresa de design e construção da JLL a realização de todas as obras de execução de layouts, incluindo os trabalhos de revestimento e acabamentos de interiores e instalações especiais;além de criar todas as valências que compõem este escritório, incluindo um auditório, ginásio, cafetaria, cozinha e biblioteca, zonas de reunião e todos os pisos com espaços de trabalho.

Integrando as mais modernas tendências a nível de espaços de trabalho, a forte presença de espaços colaborativos e de socialização e o conceito de abertura ao exterior, com aposta em terraços, auditórios e espaço polivalente capacitado para receber eventos externos, são fatores distintivos da nova sede da Cuatrecasas. Outras caraterísticas marcantes são a tecnologia incorporada, a eficiência e a sustentabilidade, com um ambiente paperless, um conceito clean desk e muita luz natural.

«Foi uma obra muito desafiante, desde logo pela sua dimensão e pela localização, mas também porque foi integralmente desenvolvida durante a pandemia e, designadamente, durante o seu pior período, que coincidiu com o novo confinamento geral. Isso exige um esforço de superação das equipas, além de uma gestão ainda mais rigorosa da obra. Adicionalmente, é um exemplo do que são os escritórios do futuro, com uma interação muito forte entre espaços colaborativos e espaços de trabalho mais individuais, o que traz muitas nuances em termos do processo construtivo», comenta Carlos Cardoso, Managing Director da Tétris Portugal.