Habitação

Venda de casas cai na Europa

Susana Correia |
Venda de casas cai na Europa
Venda de casas na UE - variação homóloga anual (%) - Fonte: Eurostat

O último relatório do gabinete de estatísticas da União Europeia realça que esta quebra no número de transações sucede a um a período de crescimento generalizado deste indicador, com a maioria dos países analisados a reportar um incremento do número de casas vendas em 2019 comparativamente a 2018.

Considerando os dados disponíveis para 13 países, a maior quebra no número de transações em 2020 foi verificada no Chile (-23.3%), seguindo-se a Eslovénia (-17.5%), Bélgica (-17.4%) e Irlanda. Em Portugal, a quebra rondou os -5% em termos homólogos anuais. Em contrapartida, houve três países que registaram um aumento no número de casa vendidas nomeadamente a Finlândia (7.7%), os Países Baixos (10%) e a Dinamarca (20.1%).

«Esta queda no número de transações pode ser associada às medidas decorrentes do confinamento devido à pandemia, em particular no segundo trimestre de 2020, que incluíram uma suspensão temporária da atividade imobiliária», refere ainda aquele organismo.