Mediação Imobiliária

Zome atinge volume de negócios de €176,3 milhões

Felipe Ribeiro |
Zome atinge volume de negócios de €176,3 milhões
Carlos Santos, Operations Manager Portugal na Zome

Nos primeiros três meses do ano, a mediadora imobiliária Zome atingiu um volume de negócios de 176,3 milhões de euros, valor que equivale a um crescimento de 24% face ao período homólogo.

Destaca-se ainda, neste período, a abertura de 11 novos hubs, compreendendo um crescimento de cerca de 50% face ao período homólogo, com destaque para a estreia fora de Portugal Continental, na Madeira e Açores, «estes resultados enchem-nos de orgulho, mas acima de tudo, de motivação para continuarmos a fazer o percurso de crescimento que temos vindo a fazer até agora e a consolidar a nossa atividade em Portugal. Destacamos, nestes primeiros três meses do ano, a franca expansão de unidades da rede no Continente, e a estreia nas ilhas, que acreditamos que nos ajudará a continuar a crescer, sempre com foco na felicidade dos nossos consultores e no melhor serviço para os nossos clientes», confessa Patrícia Santos, CEO da Zome.

Ainda no primeiro trimestre, a mediadora imobiliária 100% nacional mediou 1.414 transações, resultando numa faturação de 6,1 milhões de euros, 25% acima do que se registou no primeiro trimestre de 2021.

Em 2021, a Zome aumentou em mais de 45% os hubs imobiliários abertos, contando, atualmente, com uma equipa de cerca de 1.500 colaboradores, repartidos por 34 hubs ibéricos (32 em Portugal e dois em Espanha), tendo como objetivo chegar às 50 unidades até ao final do ano. Ademais, a mediadora imobiliária portuguesa foi também eleita como melhor empresa para trabalhar no setor imobiliário e ficou em segundo lugar na classificação geral de grandes empresas.