Investimento

Grupo AFA investe €60M em projeto de reabilitação urbana no Funchal

Ana Tavares |
Grupo AFA investe €60M em projeto de reabilitação urbana no Funchal
Foto: DN

O quarteirão delimitado pelo Largo do Pelourinho, pela rua Visconde de Anadia e pela Travessa da Malta será totalmente reabilitado e requalificado, num investimento global de cerca de 60 milhões de euros a cargo da Savoy, empresa do Grupo AFA.

A autarquia deu luz verde ao projeto esta quinta-feira, em reunião de câmara, segundo o JM Madeira, e também recebeu parecer favorável da Direção Regional de Cultura. Citado pela mesma fonte, o autarca Miguel Silva Gouveia referiu que «com a luz verde da Direção Regional de Cultura, terá continuidade a reabilitação urbana da área, como é o caso do investimento orçado em 60 milhões».

O projeto dará origem ao novo Savoy Residence Insular, composto por quatro blocos distintos interligados. Uma obra com uma duração prevista de ano e meio, segundo avança o DN.

Esta empreitada enquadra-se na estratégia de reabilitação urbana que a Câmara do Funchal tem vindo a desenvolver desde 2014. O programa de requalificação do centro histórico designado Cidade Com Vida delimitou uma Área de Reabilitação Urbana de 1,13 quilómetros quadrados na baixa da cidade, abrangendo os núcleos históricos de Santa Maria Maior, Sé, São Pedro e Santa Luzia.

Até agora, foram reabilitados cerca de 150 edifícios, e outros 70 estão em processo de reabilitação só na zona da baixa.

Outro grande projeto no qual o Grupo AFA está envolvido é a reabilitação do Cais do Ginjal, em Almada, que prevê a reabilitação desta zona ribeirinha da cidade, num investimento conjunto com a Câmara Municipal de cerca de 300 milhões de euros.

Mais recentemente, o grupo anunciou a compra de dois edifícios de habitação em Lisboa também para reabilitar, através da participada Varino, em parceria com a Socicorreia.