Feiras

MAPIC regressa a Cannes a 30 de novembro

Ana Tavares |
MAPIC regressa a Cannes a 30 de novembro

Realiza-se já de 30 de novembro a 2 de dezembro uma nova edição do MAPIC, a maior feira dedicada ao segmento do retalho.

O Palais des Festivals, em Cannes, vai receber este ano «um MAPIC completamente diferente do que estávamos acostumados», revela a diretora da feira, Nathalie Depetro, à VI.

Esta será a primeira edição do evento do pós-pandemia, e terá presença física e também digital (com transmissão online), além de novos pavilhões dedicados à alimentação e lifestyle, com um novo formato de conferência, entre outras novidades. «Estamos a adaptar-nos à mudança da indústria. Esta edição vai combinar três eventos num só e, como o retalho que representa, o MAPIC já não será só físico ou só digital, mas totalmente “phygital”», explica a responsável.

A feira será mais pequena que o costume, contando com cerca de 200 stands, cerca de 50 dos quais serão ocupados por operadores de retalho, nomeadamente do segmento F&B. «Este é um claro indicador do que se está a passar no setor do retalho hoje em dia», descreve Depetro.

«A pandemia acelerou uma série de tendências que estão agora a estabilizar no setor e que, apesar de terem sido abordadas já em 2019, estão agora mais proeminentes no MAPIC, no centro das atenções da nossa programação». Exemplo disso, são o crescimento do e-commerce e a omnicanalidade, dos setores da alimentação e lazer, ou a importância de melhor conhecer os clientes.

Os novos comportamentos dos consumidores, o papel da socialização no futuro dos centros comerciais e do imobiliário, estarão também no centro da discussão nas conferências do MAPIC.

Saiba mais sobre o MAPIC.