Vendas

Vendas da Sonae crescem para recorde de €6.800M

Ana Tavares |
Vendas da Sonae crescem para recorde de €6.800M

O volume de negócios consolidado da Sonae subiu 6,1% em 2020 para mais de 6.800 milhões de euros, um valor recorde para a empresa.

O relatório sobre os resultados da empresa foi hoje divulgado, e mostra que, em ano de pandemia, o crescimento foi fortemente impulsionado pelas vendas online, e os principais negócios de retalho atingiram quotas de mercado online bastante acima das suas quotas de mercado já de liderança no offline. As vendas online agregadas mais do que duplicaram, atingindo cerca de 480 milhões de euros.

Por outro lado, o EBITDA subjacente manteve-se praticamente estável, nos 593 milhões de euros. O resultado líquido consolidado atribuível a acionistas foi de 71 milhões de euros.

No 4º trimestre de 2020, e apesar das várias restrições implementadas pelas autoridades nacionais, o volume de negócios consolidado da Sonae aumentou 6,6% em para 1.900 milhões euros.

O apoio à comunidade por parte da Sonae superou os 14 milhões de euros. 73% das embalagens de plástico usadas eram recicláveis, as reduções de CO2 foram reduzidas em 18% face ao ano anterior, e antecipou em uma década o desígnio da neutralidade carbónica.

Em comunicado, Cláudia Azevedo, CEO da Sonae, comenta que «2020 foi um ano diferente. A pandemia Covid-19 impactou cada aspeto das nossas vidas e desafiou-nos enquanto organização. Enfrentámos disrupções profundas em áreas como a saúde e a segurança, o trabalho remoto, as cadeias de abastecimento e a aceleração digital. E não só estivemos à altura do desafio, como nos projetámos para o futuro».

«Somos hoje uma empresa preparada para a era digital. A nossa resposta à pandemia distinguiu-nos de forma clara da concorrência». Destaca que «nos nossos negócios de retalho, liderámos o caminho nas vendas online e na fidelização digital dos clientes. Marcas como o Continente ou a Worten viram as suas quotas de mercado no e-commerce atingirem valores bem acima das suas posições já de liderança em Portugal, contribuindo para um total de vendas online do grupo de cerca de 480 milhões de euros».
«Globalmente, o portefólio diversificado de negócios líderes da Sonae manteve-se forte. Fomos capazes de aumentar o volume de negócios consolidado em 6,1% para 6.827 M€ e alcançar um EBITDA subjacente praticamente em linha com o de 2019». E conclui que «a solidez das nossas operações foi sustentada por uma gestão ativa de alocação de capital. Implementámos várias iniciativas de preservação de liquidez em todos os negócios e refinanciámos importantes linhas de crédito de forma a fortalecer ainda mais a nossa estrutura de capital».