Alojamento Local

Alojamento local pede apoios específicos ao Governo

Ana Tavares |
Alojamento local pede apoios específicos ao Governo

A Associação do Alojamento Local em Portugal pediu esta semana ao Governo um reforço «emergente» de apoios às micro e pequenas empresas do setor, que precisam de «oxigénio» para resistir à «reta final de uma maratona dificílima», devido à situação da pandemia.

Eduardo Miranda, Presidente da associação, explicou à Lusa que as micro e pequenas empresas e os empresários em nome individual sem contabilidade organizada precisam de mais ajuda. «Aquilo que é fundamental em termos práticos, no caso do turismo e do alojamento local, especificamente, é reforçar a verba da linha de crédito do turismo de Portugal, voltar a reforçar as verbas do [Programa] Apoiar que acabou, e olhar para alternativas de apoio para os empresários em nome individual, sem contabilidade organizada».

Apela, assim, que não se deite a perder «todo o trabalho que foi feito pelo próprio Governo, todo o esforço e sacrifício pelos empresários, pelos funcionários nos últimos meses, nesta reta final da crise», cita o Idealista. Considera que «estamos numa situação absolutamente crítica. São os últimos meses de uma maratona dificílima, onde as empresas fizeram um esforço enorme, onde o Estado fez um esforço enorme, e não podemos deixar que na reta final esse esforço seja em vão. Se não houver estes apoios nos próximos meses podemos estar a destruir aquilo que é a base de uma das indústrias, uma das atividades mais importantes do país», alerta.