Negócios

Liberdade 227 procura comprador no mercado

Susana Correia |
Liberdade 227 procura comprador no mercado

Localizado em pleno centro da capital portuguesa, o edifício totaliza 1.951 m² de área bruta de construção acima do solo, distribuídos por 10 pisos, aos quais se soma um piso em cave com 519 m². Atualmente, encontra-se praticamente devoluto, contando apenas com um inquilino com um contrato de termo fixo.

Pela sua localização emblemática, «este edifício reúne um conjunto de características únicas que o tornam atrativo tanto para a manutenção do atual uso de escritórios como para a possível conversão para habitação, mantendo, em qualquer dos casos, o piso térreo para comércio», realçam as consultoras, que detêm o co-exclusivo da sua venda.

«Estamos muito satisfeitos por poder trazer este edifício para o mercado, pelas suas caraterísticas únicas – 10 pisos com ótimas vistas da Avenida e do Castelo e com uma dimensão média de 195 m² – e por constituir uma das últimas oportunidades de reabilitação numa das mais procuradas e valorizadas zonas da cidade», comenta Ana Gomes, partner e diretora do departamento de Development & Living da Cushman & Wakefield Portugal.

Pedro Valente do Departamento de Capital Markets da Worx, acrescenta que «o Liberdade 227 é de facto de uma oportunidade única de adquirir um edifício na Avenida mais emblemática do país, a Avenida da Liberdade. Ainda mais interessante por se tratar de uma folha em branco para desenhar um projeto de raiz, uma vez que está praticamente devoluto o que permitirá avançar e desenvolver rapidamente um projeto completamente novo».