Habitação

Tabah e Optime querem captar €150M com novo fundo COVIVIR

Ana Tavares |
Tabah e Optime querem captar €150M com novo fundo COVIVIR

COVIVIR, é este o nome do novo fundo de investimento que a Tabah Capital e a Optime Investments se preparam para lançar no mercado, aguardando ainda a provação do regulador.

O novo fundo COVIVIR pretende atrair investidores africanos através do programa de “golden visa” para captar cerca de 150 milhões de euros para investir em várias formas de habitação partilhada, como alojamento para estudantes, unidades de coliving ou residências sénior na Europa, Portugal incluído.

Citado pelo Negócios, Alexis Delprat, CEO do Tabah Capital, refere que a ideia é atrair pequenos investidores, mas também investidores institucionais, que procurem retornos com dois dígitos, nomeadamente os investidores africanos, dos PALOP e não só.

A apresentação do novo fundo a potenciais investidores já está a ser preparada. Falta ainda a luz verde final da CMVM, o que poderá acontecer já em outubro.

Residência universitária na Asprela já em desenvolvimento

A Tabah Capital já está a desenvolver uma nova residência de estudantes no campus universitário da Asprela, no Porto, com 500 unidades de alojamento. Este será o primeiro investimento do fundo COVIVIR.

Mas há outros projetos na calha no nosso país, segundo Alexis Delprat, nomeadamente outras residências e projetos de coliving no Porto e residências sénior no Algarve, cita o idealista/news.

Além disso, vai focar-se em projetos do mesmo género em várias capitais europeias, com o objetivo de criar um portfólio de 3.000 quartos nos próximos dois anos.