Mediação Imobiliária

ERA: confiança dos compradores no mercado residencial segue firme em 2021

Susana Correia |
ERA: confiança dos compradores no mercado residencial segue firme em 2021

Sustentado pelos contactos dos potenciais clientes e o forte nível de atividade registados nos diferentes canais da ERA Portugal, Rui Torgal não tem dúvidas que apesar das limitações físicas impostas pela pandemia e durante os confinamentos, ao longo destes últimos doze meses «os clientes que nos consultam mantêm o interesse na compra de casa e, em especial, a sua confiança na solidez do mercado imobiliário». Na verdade, diz, «muitas pessoas olham para esta altura como sendo um bom momento para mudar; e estamos a falar não apenas de mudar de casa, mas sim de mudar de vida e, daí, optarem por casas diferentes das atuais».

Em entrevista à Vida Imobiliária, o responsável explica que «o que temos observado é sobretudo alguma alteração nas tendências da procura, pois para muitos potenciais clientes a pandemia funcionou um como gatilho para uma mudança de estilo de vida, mais adequado a esta nova realidade que estão a viver. Ou seja, sentimos que os clientes compradores estão até bastante confiantes no mercado e, por isso, vêm à procura de uma casa nova, com tipologias e localizações diferentes que vão de encontro às novas necessidades das suas famílias». Desta forma, continua, «os nossos dados mostram que a procura de casas e, em especial de moradias, terrenos ou lotes para construir, aumentou consideravelmente nas zonas periféricas das grandes cidades, que é onde as pessoas conseguem ter acesso a casas maiores, com varandas, jardins e mais espaços exteriores».

Evocando a velha máxima de que «é nos momentos de dificuldade que surgem também as grandes oportunidades», Rui Torgal é perentório ao afirmar que «apesar da pandemia, este é um excelente momento para investir, e o momento certo para muitas pessoas poderem dar efetivamente esse passo de mudança e investir no seu bem-estar fazendo um upgrade na sua vida e, claro, na sua casa. Pois, a verdade é que tal como os estrangeiros olham para o nosso país, com bastante interesse e confiança, parece também cada vez mais portugueses está a valorizar aquilo que de bom tem o nosso país, entendendo que é um bom momento para investir em Portugal. E, na ERA é isto que sentimos que já está a acontecer!».

«O setor imobiliário continua a ser uma excelente opção de investimento e, todos sabemos que tem sido sempre uma classe de refúgio para os investidores em momentos de maior instabilidade financeira e, portanto, este será um bom ano para investir», conclui, perentório, o diretor-geral da ERA Portugal.

Acompanhe aqui a entrevista em vídeo

Rede continuou a expandir em 2020

Confiante no futuro e na rápida regularização do ritmo da atividade no setor imobiliário logo que a pandemia esteja controlada; em 2020 a ERA Portugal continuou a apostar na expansão da rede, somando novas agências à rede, e da sua equipa, tendo lançado uma campanha para o recrutamento de mais de 500 profissionais.

Ao todo, 280.000 clientes compradores e cerca de 80.000 clientes vendedores procuraram os serviços da ERA em 2020, com a marca a vender uma média de 24 imóveis por dia, somando um total de 9.000 imóveis e um valor de cerca de 1.200 milhões de euros.

Na próxima edição da Vida Imobiliária, acompanhe a versão completa desta entrevista e fique ainda a conhecer em detalhe a estratégia desenvolvida pela ERA para fazer frente ao COVID-19 e os seus planos para 2021.