Centros Comerciais

Klépierre Portugal arrendou 20.000 m² nos últimos nove meses

Susana Correia |
Klépierre Portugal arrendou 20.000 m² nos últimos nove meses
Aqua Portimão (© Klépierre)

Em comunicado, a empresa revela ter celebrado 29 contratos com novas insígnias desde setembro de 2020, numa aposta em «conceitos diferentes de retalho». Entre operações de renovação e novos contratos, a empresa contabiliza ter comercializado um total de 20.000 m² de área bruta locável (ABL) distribuídos pelos centros Aqua Portimão, Espaço Guimarães e Parque Nascente.

A Snipes, La Casa de Las Carcasas e a cadeia espanhola de beleza Primor são algumas das marcas que se estrearam nos centros comerciais da Klépierre em Portugal. No Parque Nascente, a grande novidade será a abertura de uma mega-store da Primor já este verão, com mais de 1.700 m²; numa altura em que o Leroy Merlin também assegurou a continuação da sua loja naquele complexo, onde ocupa uma área de 11.000 m². Mais a norte, no Espaço Guimarães a principal novidade é a abertura recente da nova loja da Worten, com 650 m², enquanto que no Algarve, a Celeiro e a Yososo abriram portas no Aqua Portimão.

«Na Klépierre temos como prioritário a dinamização da oferta comercial para os nossos clientes. Estamos focados numa estratégia de simbiose entre grandes marcas internacionais e nacionais, oferecendo as melhores soluções para uma operação forte e diferenciadora no mercado», refere David Molinero, head of Leasing Iberia.

Em comunicado, o responsável explica ainda que «através desta estratégia, pretendemos apoiar e impulsionar a economia nacional, e, em especial foco, a economia local de cada uma das cidades onde estamos inseridos».

Uma das maiores operadoras e proprietárias de centros comerciais na Europa, atualmente a carteira da Klépierre em Portugal é composta por apenas três ativos, o Aqua Portimão, Espaço Guimarães e Parque Nascente, após ter vendido um portfólio de quatro centros à Square em 2019.