Logística

Merlin Properties inaugura Plataforma Logistica Lisboa Norte

Susana Correia |
Merlin Properties inaugura Plataforma Logistica Lisboa Norte
Merlin Lisboa Park

Localizado em Castanheira do Ribatejo, no concelho de Vila Franca de Xira, o Merlin Lisboa Park, também conhecido como Plataforma Logística Lisboa Norte, «é um projeto estratégico não só para o concelho, mas para todo o país», afirmou o CEO da Merlin Properties, Ismael Clemente. Falando na inauguração do complexo, o responsável disse ainda «com a inauguração desta nave, a nossa carteira em Portugal fica muito mais forte».

«É um dia espetacular poder estar aqui a inaugurar este projeto tão importante», congratulou o presidente da autarquia vilafranquense, Alberto Mesquita. Lembrando que «o setor logístico é fundamental para a competitividade da economia portuguesa», o autarca disse ainda que «este investimento é especialmente relevante para o concelho de Vila Franca. A zona onde está inserida é o território do futuro económico do nosso concelho e, por isso, o arranque desta plataforma é um importante marco para todos nós, dado o seu enorme potencial de desenvolvimento», rematou.

Uma nave logística de última geração, o primeiro edifício do Merlin Lisboa Park já está concluído e pronto a operar, somando 45.171 m² de Área Bruta Locável, dividida em seis módulos. Mas, como sublinhou Ismael Clemente, «é apenas a primeira das muitas naves que queremos desenvolver no município», tendo em conta a área edificável de 224.864 m² englobada no projeto da Plataforma Logística Lisboa Norte e que fará deste empreendimento, quando concluído, o maior parque logístico de Portugal.

«A nova revolução digital, o e-commerce e o Brexit colocam novos desafios aos operadores logísticos, que procuram novas soluções que lhes permitam reduzir simultaneamente os tempos e custos de entrega. E é para dar resposta a esta procura que estamos a investir 150 milhões de euros no desenvolvimento deste projeto», remata o CEO da Merlin.

De acordo com o proprietário, além de ser concebido segundo os novos padrões de qualidade dos grandes operadores logísticos internacionais, este projeto aposta fortemente na sustentabilidade, com uma construção eficiente do ponto de vista energético e que vai incluir em breve uma instalação fotovoltaica de autoconsumo na nave. A flexibilidade é outro dos trunfos deste parque, acrescenta a socimi, sublinhando a sua capacidade para se adaptar às necessidades dos operadores e do mercado, «com uma grande capacidade de desenvolvimento para executar projetos chave na mão ou outros projetos de investimento».

Para já, esta primeira nave tem sido «muito bem acolhida no mercado» revela a Merlin, adiantando que o parque incluirá também o futuro centro logístico do grupo Jerónimo Martins, cuja promoção deverá arrancar em breve.

Considerando o Merlin Lisboa Parque como «o principal expoente» do «ambicioso programa de empreendimentos logísticos» que tem vindo a desenvolver na Ibéria nos últimos anos, a socimi espanhola revela ainda que o objetivo é agora «posicionar-se e consolidar-se como a referência logística em Portugal e assim reforçar a sua posição de liderança na Península Ibérica».