Banca

Novo Banco troca nova sede nas Amoreiras pelo Taguspark

Ana Tavares |
Novo Banco troca nova sede nas Amoreiras pelo Taguspark

O Novo Banco planeava construir uma nova sede na zona das Amoreiras, em Lisboa, mas desiste agora do projeto devido a questões relacionadas com o licenciamento.

O banco deveria ocupar um terreno já pertencente à instituição, com mais de 130.000 metros quadrados, em Campolide, entre as avenidas Conselheiro Fernando de Sousa e Duarte Pacheco e as ruas Artilharia Um e Marquês da Fronteira. Mas, em vez disso, segundo avança o Eco esta segunda-feira, pondera mudar a sua sede para o Taguspark, onde já tem mais de 500 colaboradores ativos.

À mesma fonte, o banco afirma que a instituição «tem vindo, de forma regular, a analisar soluções de racionalização e redução de custos, não havendo qualquer decisão tomada».

De recordar que, em 2019, o Novo Banco injetou mais 36 milhões de euros no terreno das Amoreiras, que se somavam aos 21,5 milhões de euros já investidos no ano anterior, através de um aumento de capital do fundo de investimento imobiliário fechado das Amoreiras.

O Novo Banco continua a querer vender a sede do antigo BES, na Avenida da Liberdade, no centro de Lisboa, imóvel que deverá valer até 70 milhões de euros, segundo as fontes do mercado consultadas pelo Eco.

A intenção da venda deste imóvel foi anunciada em 2018, parte de um portfólio de 10 imóveis, e a ideia passava por concentrar todos os serviços e departamentos na zona das Amoreiras. O objetivo era financiar o novo projeto de até 120 milhões de euros com a venda deste portfólio imobiliário, com ganhos operacionais estimados de 10 milhões de euros.