Habitação

Preços das casas subiram 9,5% desde o início da pandemia

Ana Tavares |
Preços das casas subiram 9,5% desde o início da pandemia

O preço de venda das casas subiu 9,5% desde o início da pandemia (março de 2020), mostra o Índice de Preços Residenciais para Portugal Continental que a Confidencial Imobiliário apurou para setembro.

Depois de um período de estabilização no primeiro ano de pandemia, com variações que não foram muito além dos 2%, a subida dos preços no período pós-Covid tem vindo a ganhar ritmo desde abril. Nesse mês, a valorização acumulada desde março de 2020 era de 3,5%, e no final de junho atingia os 7,2%, acelerando para os 9,5% de setembro.

Em termos mensais, os preços das casas subiram 0,9% em setembro, uma diferença marginal face à variação mensal de 0,6% registada em junho ou em julho.

Decorrente deste registo, em termos trimestrais, os preços das casas subiram 2,1% no terceiro trimestre, exibindo neste período um abrandamento face à variação trimestral de 4,5% registada no segundo trimestre.

Por outro lado, em termos homólogos, os preços subiram 9,4% em setembro, quase 7% acima dos 2,6% registados no início deste ano.

Em setembro, o preço médio de venda das casas em Portugal Continental atingiu os 1.895 euros/m². Na Área Metropolitana de Lisboa, atingiu os 2.438 euros/m², 1.905 euros/m² na Área Metropolitana do Porto e 2.032 euros/m² no Algarve.