Habitação

West House: laços afetivos

Ana Tavares |
West House: laços afetivos
West House, Cascais

Sponsored Content: Vogue Homes

«A West House reflete a intenção de criar espaços únicos, com identidade própria, onde cada habitação tem um desenho que lhe é exclusivo.

Dar liberdade na escolha reflete uma preocupação na identificação com o espaço.

Projetar espaços significa estabelecer laços afetivos com o território, permitirmo-nos conhecê-lo. O entendimento do lugar é sobretudo daqueles que o vivem e a esta vivência aliamos a arquitetura.

A inserção no tecido urbano da vila de Cascais é por si só uma condição de excelência face à proximidade ao mar, um elemento determinante nas dinâmicas sociais deste território. A sua escala aliada à relação com o mar é associada à própria escala do edifício e ao espírito intimista de cada uma das habitações.

A vivência de cada casa estende-se para lá dos seus limites interiores, dada a relação tão estreita com as áreas exteriores privativas onde se salvaguarda a privacidade.

O facto de ser um edifício de habitação coletiva que agrega cinco apartamentos confere-lhe um cariz intimista potenciado pela franca relação com varandas espaçosas e terraços ajardinados em que a vegetação contribui decisivamente para a criação de espaços de eleição.

A linguagem contemporânea adotada é plasticamente rica ainda que muito depurada, tendo-se optado pela simplicidade das fachada principal e tardoz cujo contraponto com a variação volumétrica das fachadas laterais confere ao edifício uma notória harmonia e um inequívoco charme pela subtileza das formas».

Raul Reis, CEO & Founder - RRA Project



DAVID.jpg

RRA_WESTHOUSE_Quarto Criança_Diurna_02.jpg


Para mais informações sobre a West House:

westhouse@vogue-homes.com