Negócios

Davidson Kempner compra carteira de ativos da ECS

Ana Tavares |
Davidson Kempner compra carteira de ativos da ECS

Está tomada a decisão. O fundo Davidson Kempner venceu a disputa pela compra dos fundos de reestruturação da ECS à banca, uma carteira de cerca de 600 milhões de euros que inclui hotéis de luxo como o Conrad Algarve, o Cascatas Golf Hilton e o grupo NAU.

Segundo a informação apurada pelo ECO, ficou para trás o consórcio formado pela Bain e a Cerberus, que também apresentou uma proposta para comprar estes fundos de reestruturação.

Escolhido o comprador, bancos e investidor passam agora às negociações exclusivas, nomeadamente de um financiamento bancário que pode ser superior a 60% do valor da compra. A operação deverá ser fechada só no primeiro semestre de 2022.

A carteira tinha um valor inicialmente previsto a rondar os 900 milhões de euros, mas será agora inferior, depois de terem sido retirados 7 imóveis do conjunto, num valor de cerca de 300 milhões de euros, passando a incluir 23 ativos imobiliários, conforme avançou o Económico em setembro.

Estão envolvidos o Novo Banco, o Millennium bcp, a Caixa Geral de Depósitos (com as maiores exposições nesta carteira), o Santander e a Oitante.

Já em 2019 o Davidson Kempner tinha comprado a carteira de malparado Nata 2 ao Novo Banco, por 3.300 milhões de euros.